AM 1440 - A cor que você ouve

Acusado de matar esposa é condenado a 7 anos de prisão em S. Bárbara

O réu Cristiano Monteiro Mendes, acusado de matar a esposa Kátia Oliveira Arruda,  em novembro de 2008 foi condenado, nesta quinta-feira (22), a  sete anos de prisão em regime, inicial,  semiaberto. O juri ocorreu Fórum de Santa Bárbara d’Oeste. A sentença foi proferida pela juíza Camila Marcela Ferrari Arcaro, da 1ª Vara Criminal, que presidiu o julgamento durante quatro horas.

Conforme consta no processo, o casal havia consumido bebida alcoólica e houve um desentendimento por ciúme. O acusado disse em seu depoimento que Kátia pegou uma faca e investiu contra ele e que, apesar da tentativa de desarmá-la, devido ao estado de embriaguez,  ambos caíram no chão e ela acabou se ferindo no peito com a faca.  A vítima foi encontrada pela sogra, caída no chão e desacordada com uma faca ao lado. Foi socorrida mas não resistiu.

Cristiano recorreu da acusação alegando que não cometeu o crime de homicídio, afirmando que em hipótese alguma desferiu golpe de faca contra a vítima e pediu a desclassificação do delito para omissão de socorro ou lesão, mas teve o recurso negado.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!