AM 1440 - A cor que você ouve

Americana anuncia 98 novas unidades habitacionais

Após o anúncio de investimento de R$ 2,4 milhões aos projetos habitacionais de Americana Muro Azul e Estação Central, o prefeito Omar Najar recebeu moradores beneficiados da Cooperteto (Cooperativa Nacional de Habitação e Construção) e comunicou que o convênio assinado com o secretário estadual de Habitação, Paulo César Matheus da Silva, irá construir 98 unidades habitacionais, entre casas e sobrados, e 64 apartamentos.

“Estou muito emocionado, pois imagino a luta dos moradores pela construção da casa própria. Agradeço o apoio do secretário estadual, que nos recebeu muito bem e o admiro pela boa vontade e transparência em nossas conversas, assim como o governador Márcio França, que vem nos auxiliando em muitos projetos. Agradeço também o deputado estadual Chico Sardelli. Ele não mede esforços em ajudar Americana e é nosso parceiro. É importante lembrar que o prefeito é uma figura simbólica que tenta melhorar a cidade, mas que precisa do apoio de deputados, vereadores, empresários, etc”, disse o prefeito Omar.

Os recursos fazem parte do programa Causa Paulista e os projetos estão prontos através da parceria entre a Prefeitura, o governo federal pelo programa Minha Casa Minha Vida – faixa 1 entidades e a Cooperteto (Cooperativa Nacional de Habitação e Construção).

Após aprovação da Caixa Econômica Federal, as famílias já foram selecionadas e serão convocadas nos próximos meses. “Muitas famílias compraram os terrenos há mais de 10 anos e agora poderão realizar seus sonhos. Fico muito contente em poder participar dessa conquista e no segundo semestre começam as obras, que devem levar aproximadamente três anos. Em 36 meses as famílias que tem renda bruta de até R$ 1.800,00 devem estar morando nas casas”, disse o secretário da Habitação, Charley Petter Cornachione.

O projeto Muro Azul será na Rua Maranhão, na Praia Azul e o Residencial Estação Central ficará na Rua Dom Pedro 2º esquina com a Marechal Deodoro. Para cada unidade dos dois condomínios, o Estado entrará com um apoio de R$ 15 mil.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.