AM 1440 - A cor que você ouve

Americana registra sete profissionais da saúde com Covid-19

A Prefeitura de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou nesta quarta-feira (20) o registro de mais sete casos positivos de Covid-19, todos profissionais da saúde. Três foram confirmados por meio de exame PCR: um homem de 41 anos, morador no Jardim Boer, que já está curado; uma mulher de 46 anos, moradora do Jardim da Mata, que também já está curada; e uma mulher de 50 anos, do bairro Nova Americana, que está em isolamento domiciliar.

Os outros quatro casos foram confirmados após realização de testes rápidos em laboratório particular: uma mulher de 38 anos, moradora do Jardim São Paulo, que está em isolamento domiciliar; uma mulher de 39 anos, moradora do Parque Universitário, que já está curada; um homem de 41 anos, morador da Chácara Machadinho, que também já está curado; e um homem de 37 anos, morador do Jardim da Paz, que está em isolamento domiciliar.

O boletim atualizado traz ainda o registro de dois novos casos suspeitos: um homem de 57 anos, morador do bairro São Luiz, que está em isolamento domiciliar, e uma idosa de 71 anos, moradora de uma casa de longa permanência para idosos, que está internada na UTI de um hospital particular (veja mais informações no texto abaixo).

Dois profissionais da saúde que estavam aguardando resultado de exame em isolamento domiciliar tiveram resultados negativos. Um homem, que estava internado com suspeita de coronavírus, teve alta e aguarda o resultado de exame em isolamento domiciliar.

O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 75 casos positivos, sendo quatro óbitos, três internados, nove em isolamento domiciliar e 59 curados; 21 casos suspeitos aguardam resultados de exames, sendo cinco internados em hospitais, 15 em isolamento domiciliar e um que já cumpriu a quarentena (14 dias). Além disso, Americana contabiliza agora 446 casos que eram considerados suspeitos, mas já foram descartados pelo resultado de exame negativo.

Casa de idosos

A Vigilância Epidemiológica de Americana informou, nesta quarta-feira (20), que mais uma residente de uma casa de longa permanência para idosos é suspeita de ter Covid-19. Ela tem 71 anos e está internada na UTI de um hospital particular do município, aguardando resultado de exame PCR.

Esta mesma casa de idosos já registrou dois casos positivos da doença. A Vigilância Epidemiológica foi notificada por um hospital particular do município, na quinta-feira (14), que estava com uma paciente internada com suspeita de Covid-19, residente de uma casa de longa permanência para idosos. Com o resultado positivo desta paciente, na segunda-feira (18), o local notificou a Vigilância Epidemiológica sobre a situação e realizou testes rápidos de laboratório particular nos funcionários e idosos. Uma outra idosa de 77 anos, residente na casa, também testou positivo para Covid-19, na sexta-feira (15), por meio de um exame PCR de laboratório particular, feito por intermédio da família.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, diante desta situação, foi coletado exame PCR de funcionários e idosos do local que apresentaram algum tipo de sintoma, sendo quatro funcionários, que estão afastados do trabalho, e oito idosos que estão em isolamento domiciliar (na casa de idosos onde residem). São eles: dois idosos de 76 e 77 anos; e quatros idosas de 84, 81, 87 e 91 anos, além de duas idosas com 92 anos. Todos aguardam resultados de exames para Covid-19, assim como a idosa de 71 anos que está internada.

O local foi fiscalizado pela Vigilância Sanitária e estava cumprindo todas as recomendações de prevenção à Covid-19. Por orientação da Vigilância Epidemiológica, a idosa que já teve resultado positivo está isolada dos demais, assim como o grupo de idosos suspeitos que aguardam resultados dos exames PCR estão separados dos assintomáticos. Todos os residentes da casa e familiares foram informados sobre as ocorrências.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!