AM 1440 - A cor que você ouve

Cestas de alimentos do projeto “Alimento Solidário” vão atender cadastro de famílias em extrema pobreza

A Prefeitura de Americana recebeu, nesta quarta-feira (20), 4.135 cestas de alimentos do Programa “Alimento Solidário”, do Governo de São Paulo, para atender exclusivamente famílias em situação de extrema pobreza, que tenham até R$ 89,00 de renda familiar per capita, que já estavam inscritas no Cadastro Único do município até março de 2020, quando a lista foi gerada pelo Governo do Estado de São Paulo.

Por meio da Secretaria de Ação Social e Desenvolvimento Humano da Prefeitura de Americana, com o apoio do Fundo Social de Solidariedade de Americana e de organizações parceiras, uma força-tarefa está sendo organizada para a distribuição das cestas de alimentos às famílias constantes da relação enviada pelo Governo do Estado.

Segundo a Secretaria de Ação Social de Americana, as cestas de alimentos serão distribuídas em parceria com a Apae de Americana, que cuidará do Plano de Gestão e Distribuição do Programa Alimento Solidário no município, e com outras organizações colaboradoras.

Será disponibilizado no site da Prefeitura até esta quinta-feira (21) a relação das famílias beneficiárias do Programa, com orientações quanto ao período da entrega e ao recebimento da cesta básica pelo responsável familiar do Cadastro, que deverá assinar um termo de recebimento do benefício.

As pessoas não precisam entrar em contato com a prefeitura para receber as cestas, pois somente serão beneficiadas aquelas já  inseridas no programa de atendimento, sendo necessário que observem a listagem com os beneficiários, que constará a partir do nome do responsável familiar constante do Cadastro Único e o cronograma de entrega previsto, sendo disponibilizado até esta quinta-feira os telefones e e-mail para contato no esclarecimento de dúvidas.

A Secretaria informa também que, as famílias beneficiárias do Programa Alimento Solidário, que se cadastraram para recebimento do Benefício Eventual em situação de calamidade e emergência em decorrência do COVID-19 – Cesta Básica Emergencial, terão o cadastro cancelado automaticamente, já que serão beneficiadas no Programa, para que não haja duplicidade de atendimento no momento e possibilite atender maior quantidade da população vulnerável.

O termo de adesão ao Programa “Alimento Solidário” foi assinado pelo prefeito de Americana, Omar Najar, visando reforçar o atendimento às famílias em situação de extrema pobreza no enfrentamento à crise financeira em decorrência da pandemia da Covid-19.

O secretário de Ação Social e Desenvolvimento Humano, Aílton Gonçalves Dias Filho, ressaltou a importância da destinação às famílias cadastradas no CadÚnico (cadastro federal oficial para inclusão em programas de assistência social e transferências de renda). “Estamos recebendo 4.135 cestas de alimentos do Estado. Estas cestas irão atender famílias da cidade cadastradas no Cadastro Único do governo federal e estão chegando em boa hora, num momento em que estamos enfrentando a pior crise financeira em decorrência da pandemia da Covid-19”.

Para a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Americana, Maine Najar, o recebimento das cestas de alimentos irá reforçar o atendimento às demandas da rede assistencial do município. “Essas doações são importantes para o atendimento específico dessa demanda. Temos outras frentes de arrecadações na cidade para atender também demandas de famílias que se tornaram vulneráveis neste momento de pandemia e precisam de ajuda”.

A empresa RKM Transportes está apoiando a ação com o recebimento, armazenamento e apoio na distribuição das cestas.

As cestas de alimentos foram recebidas na empresa RKM Transportes pelo secretário Aílton, pela presidente do Fundo Social, Maine, e pelos proprietários da empresa Arthur Mendes, Lisa Mendes e Arthur Mendes Filho.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!