AM 1440 - A cor que você ouve

Começa a primeira etapa da reconstrução da Cooperlírios

A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maine Najar, acompanhou nesta segunda-feira (11), o início da construção do muro de arrimo na sede da cooperativa de reciclagens Cooperlírios, localizada no Jardim dos Lírios. O serviço está sendo feito pela UTGR (Unidade de Tratamento e Gestão de Resíduo de Americana), após o incêndio ocorrido em 29 de outubro, que danificou grande parte do galpão da cooperativa. Estiveram presentes também o vereador municipal de Americana, Marco Antonio Alves Jorge, o Kim, o gerente técnico operacional da UTGR, Delmo Conti Pescuma, e servidores da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano.

“Vamos começar praticamente do zero a “Construção solidária” com um muro de arrimo de aproximadamente 50 metros e que divide a cooperativa com a entidade Sespa. É uma obra fundamental para reorganizar as divisões do galpão e deve ser feita em 60 dias. Tudo será muito bem feito, com os materiais necessários para evitar acidentes, principalmente em dias de chuva. Nossa idéia é fazer a Cooperlírios crescer cada vez mais e valorizar o trabalho dessas pessoas que trabalham para a nossa cidade”, disse a presidente do Fundo Social, Maine Najar.

A presidente da Cooperlírios, Sheila Patricia Fernandes, agradeceu o apoio recebido e se disse ansiosa para as reformas. “Recebemos cerca de 1.200 toneladas de materiais diariamente e depois do incêndio ficou complicado trabalhar por conta do espaço que podemos usar. Temos 32 funcionários e todos estão ansiosos para voltar a trabalhar normalmente. Com essas reformas e quanto mais materiais recebidos, mais cooperados vamos conseguir contratar”, enalteceu a presidente da Cooperlírios.

“Esses momentos de fatos trágicos, como o incêndio na Cooperlírios, é de reflexão. Tendo pessoas ativas como a Maine, à frente do Fundo Social, e com o apoio de parceiros, não tenho dúvidas que a reconstrução do muro é apenas a primeira etapa de inúmeras melhorias que irão levar a cooperativa para o século XXI, implementando tecnologia, melhoramento do fluxo e de condições de trabalho, atendimento ambiental e social”, enalteceu o vereador municipal, Kim.

Apesar da destruição causada pelo incêndio, a cooperativa está realizando seu trabalho precariamente e teve que se adequar à situação do espaço. A Coleta Seletiva em Americana continua normalmente e a população deve separar os materiais recicláveis para que sejam coletados e encaminhados à cooperativa. A presidente, Sheila, alerta que aparelhos de telefone celular e baterias devem ser descartados separadamente em locais apropriados.

Os interessados em ajudar devem entrar em contato com o Fundo Social, pelo telefone (19) 3405-4772 ou na Rua Antonio Frezzarim, 412, Jardim São Paulo.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!