AM 1440 - A cor que você ouve

Defesa Civil atende diversas ocorrências; prefeitura trabalha na limpeza e reparos após chuvas intensas

 

A Defesa Civil de Americana atendeu diversas ocorrências no último final de semana durante as chuvas intensas que caíram na cidade. O alerta sobre o risco meteorológico na região foi feito na última sexta-feira (4), quando uma frente fria avançou pelo Estado, causando instabilidade no tempo, e estavam previstos acumulados de 100 milímetros de chuva. O município se encontra em estado de atenção, principalmente nas regiões próximas ao Ribeirão Quilombo, que chegou a transbordar, pois recebe todo o volume das águas desde a cidade de Campinas.

 

Os principais pontos de alagamento ocorreram nas Ruas Carioba, Anhanguera, Avenidas Brasil, da Saúde, Antonio Pinto Duarte e Bandeirantes, e ruas próximas ao Ribeirão Quilombo (Ruas São Lucas, São Thiago, Diogo de Faria e São Sebastião). Na Rua São Thiago e Rua São Sebastião, a Defesa Civil removeu de imóveis alagados duas famílias, que voltaram às residências após a água baixar.

 

Uma senhora precisou ser socorrida pela Defesa Civil na Rua Diogo de Faria, durante a enxurrada. Foram registrados queda de muro na escola estadual Clarisse Costa Conti, no bairro Antonio Zanaga, e o descarrilamento de três locomotivas, na linha férrea próximo à Rua Carioba, porém não houve derramamento de produto químico e a empresa responsável foi até o local e tomou as devidas providências.

 

Na manhã desta segunda-feira (7), equipes da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (Sosu) estão intensificando os serviços de reparo em asfalto e limpeza nas principais avenidas. Na Avenida da Saúde, os funcionários providenciaram o reparo no asfalto que foi prejudicado com as fortes chuvas.

 

O trabalho de desassoreamento que a prefeitura está executando no Ribeirão Quilombo ajudou a amenizar os problemas com enchentes nas proximidades do Guaicurus, na Avenida Bandeirantes, segundo o secretário da Sosu, Adriano Alvarenga Camargo Neves.

 

“As chuvas atingiram vários municípios, agravando a situação no Ribeirão Quilombo. O desassoreamento amenizou um pouco a situação na Avenida Abdo Najar, por exemplo. A prefeitura está trabalhando em vários pontos da cidade nesta segunda-feira, um deles na região do bairro Cariobinha, onde existe um convênio com o Estado para iniciar obras de drenagem na região”, afirmou.

 

Nesta segunda-feira (7), as instabilidades diminuem ainda mais sobre o Estado. O sol predomina ao longo do dia, com rápida elevação das temperaturas. Probabilidade de pancadas rápidas entre a tarde e à noite na divisa com o Paraná.

Na terça (8), novas áreas de instabilidade se formam no sul do País. Durante o dia, faz sol e calor, à tarde ocorrem pancadas dispersas pelo Estado. Na quarta (09), a instabilidade volta a aumentar e há previsão de pancadas típicas deverão.

Na quinta (10) e sexta (11), as condições não mudam muito. O sol predomina ao longo do dia, com temperaturas elevadas e há previsão para pancadas dispersas entre à tarde e à noite.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.