AM 1440 - A cor que você ouve

PCC ataca banco e cerca batalhão em Botucatu após apreensões de drogas

Uma ação com integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) cercou um batalhão da PM (Polícia Militar) e atacou uma agência do Banco do Brasil na madrugada de hoje, em Botucatu, cidade a cerca de 240 quilômetros da capital paulista. Houve intenso tiroteio.

Segundo a Polícia Civil, os ataques têm ligação direta com as toneladas de drogas apreendidas pela PM nas últimas semanas. Ainda de acordo com a polícia, a facção criminosa está tentando repor o dinheiro perdido com as drogas em ataques a caixas eletrônicos.

A polícia diz, ainda, que é possível que seja uma ação orquestrada por uma quadrilha especializada de roubo a banco que receba auxílio da facção. Investigações em andamento devem apontar a motivação do crime e seus responsáveis.

Moradores da região relataram nas redes sociais ter ouvido tiros e explosões. Muitos vídeos foram compartilhados mostrando barulhos de tiros. Na fuga, segundo a PM, os criminosos se esconderam em área de mata e continuavam sendo procurados até esta publicação.

Segundo a PM, entre 30 e 40 assaltantes participaram da ação. Os ladrões estavam fortemente armados e usavam máscaras e coletes à prova de balas. Dois policiais ficaram feridos levemente após trocar tiros com os assaltantes, mas estão fora de risco.

A polícia afirmou que os criminosos fizeram reféns durante a ação, mas não há relatos de vítimas feridas. “Um bandido foi ferido em confronto e foi socorrido. É o primeiro preso”, disse o delegado seccional de Botucatu, Lourenço Talamonte, à rádio Bandeirantes.

“Aqui tem várias rotas de fuga. Então, a gente está utilizando o helicóptero Águia da PM, que está sobrevoando a área, as matas e inúmeras viaturas aqui fazendo as buscas nessa grande operação para prender essa quadrilha”, afirmou o delegado.

Ainda segundo ele, apesar de o alvo do roubo ser apenas uma agência do Banco do Brasil, houve quatro locais de confronto. “O valor [roubado] a gente não tem como precisar ainda. Tem contar todo esse dinheiro que foi apreendido, localizado em locais distintos”, disse.

“A gente vai procurar agir com cautela para que não ocorra algo pior. Trabalhar com segurança e poder prender sem que nenhuma vida, nenhum cidadão aqui de Botucatu se perca”, complementou.

A PM diz que a ocorrência ainda está em andamento e PMs fazem cerco na rodovia Marechal Rondon.

FONTE : UOL

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!