AM 1440 - A cor que você ouve

Polícia investiga se cachorro foi morto a tiro no Cruzeiro do Sul; dona do animal acusa o vizinho

A Polícia Civil de Santa Bárbara d Oeste está investigando um caso de abuso de animais registrado na tarde de ontem (17) no 1º Distrito Policial. Conforme o boletim de ocorrência, o caso ocorreu por volta das 11h, na rua dr. Luis Gonçalves, no bairro Cruzeiro do Sul.

A dona do cachorro, S.A.S.F., 56, do lar, relatou aos policiais militares Igor e Giovanni  que seu vizinho, N.M., 59,  teria matado o animal com arma de fogo. A perícia esteve no local e uma veterinária do Centro de Controle de Zoonozes do município. O animal foi encaminhado para exames que apontarão em laudo a causa da morte. O laudo fica pronto em 10 dias. O homem nega que tenha atirado no cão e disse que jogou uma pedra no animal. Já a mulher afirmou que pedra não deve ter sido. “Ele morreu muito rápido, teve hemorragia pela boca e pedra não deixa furo”, contou ela. “Espero que pelo menos ele ganhe um processo para ele aprender a nunca mais fazer isso. Adoro meus cachorros, meu Teco era muito amoroso comigo”.

A Sociedade Protetora dos Animais de Santa Bárbara d’ Oeste-Spasb tomou conhecimento do ocorrido e acompanha o caso. Kátia Ferrari, uma das diretoras que também é advogada, informou que o crime está em fase  de apuração pela Polícia, que deverá ouvir  as partes envolvidas, como a dona do cão, o suspeito e testemunhas . “Neste caso, se realmente for  comprovado o uso de arma de fogo  ele deverá responder por uma série de crimes , como: crime contra a incolumidade pública e o meio ambiente,  porte ilegal de arma de fogo,  disparo de arma de fogo e maus tratos contra animal doméstico com resultado de morte.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!