AM 1440 - A cor que você ouve

Prefeitura contrata médicos para a rede básica de saúde

Com o objetivo de suprir o déficit de médicos na rede de atenção básica, a Secretaria Municipal de Saúde de Americana anunciou na sexta-feira (27) que a empresa Hera Serviços Médicos deverá iniciar as atividades na primeira semana de outubro. O contrato é da ordem de R$ 1.892.000 e irá contemplar o fornecimento de médicos clínicos, médicos de família, pediatras e ginecologistas.

O contrato foi firmado com base na quantidade de horas trabalhadas e não em números de profissionais, pois isso irá facilitar o remanejamento dos médicos pelas unidades com as maiores demandas de atendimento. “Para nós é uma vitória, podermos contratar pessoal para atuar na nossa rede de saúde. Sempre tivemos a Saúde como prioridade e estamos conseguindo equacionar a falta de pessoal graças à melhora econômica do município”, disse o prefeito Omar Najar.

A Unidade de atenção à Saúde já definiu que irá disponibilizar médicos clínicos, cinco vezes na semana, nas UBS (Unidade Básica de Saúde) dos bairros Mathiensen Jardim São Paulo, e três vezes na semana nas unidades do Jardim Alvorada, São José (região da Praia Azul), Jardim Brasil, Antônio Zanaga, Cariobinha e Jaguari. Todos com carga horária de quatro horas por dia.

Já os médicos de família irão atuar oito horas por dia nas unidades dos bairros Mário Covas, Praia Azul e Antônio Zanaga. Os pediatras serão alocados durante toda a semana nas unidades dos bairros São José e Jardim Brasil, por quatro horas ao dia. O médico ginecologista será destinado à UBS Cillos durante todo o dia, nos cinco dias da semana.

“Pelo plano de ação que desenvolvemos a gente vai conseguir uma cobertura muito boa; praticamente todas as unidades receberão o médico em algum período do dia, senão todos os dias da semana (…) eu creio que dentro de dois ou três meses a situação da demora nas consultas se normalize”, destacou Gleberson.

O contrato prevê mensalmente 600 horas para clínica médica, 160 para pediatria, 160 para ginecologia e obstetrícia e 480 para médico da família, totalizando 1.400 horas mensais e 16.800 horas no período de um ano.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!