AM 1440 - A cor que você ouve

Secretário verifica retirada dos aguapés na Represa de Salto Grande

Na tarde desta quarta-feira (13), o secretário de Meio Ambiente, Odair Dias, esteve na PCH (Pequena Central Hidelétrica de Americana), para confirmar se está sendo feita realmente a retirada das macrófitas (aguapés) da Represa de Salto Grande e discutir com representantes da CPFL Energia o andamento da ação.

De acordo com levantamento da empresa, estão sendo retirados mecanicamente, desde dezembro de 2018, 1 hectare de plantas aquáticas por dia, equivalente a 10 mil metros quadrados de aguapés. A remoção está sendo feita por meio de um barco-trator, dois caminhões basculantes, dois barcos e uma escavadeira.

O secretário enalteceu o trabalho que vem sendo feito e cobrou o plano emergencial da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), autorizando a retirada dos aguapés por meio da comporta de superfície.“Fizemos um levantamento e a operação está acontecendo. São tirados mais de 50 caminhões de aguapés por dia e é um avanço, mas ainda é distante do necessário. A determinação do prefeito Omar Najar é não ter tolerância alguma com essa questão e estamos cobrando também a CETESB para apresentar o plano emergencial com outras determinações que podem aumentar o volume de retirada das plantas. No final deste mês, a CPFL irá apresentar o estudo feito durante um ano, dizendo quais as formas mais assertivas que devem ser empregadas para minimizar ainda mais a presença dos aguapés na Represa”, disse o secretário Odair.

O secretário cobrou também da CPFL um cronograma de ações de roçagem de áreas sob linhas de alta tensão da cidade.

A visita contou com a presença do presidente do Condema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), João Braidotti, do subsecretário da Unidade de Fiscalização, Licenciamento Ambiental e Projetos, Cícero Aparecido Moura de Jesus, do supervisor de operações e manutenção da CPFL, Michel Simões, do encarregado por relações institucionais da CPFL, Sebastião Arcanjo, do coordenador de gestão da CPFL Energia, Marcelo Matos, do gerente de meio ambiente da CPFL, Robson Tanaka, e da consultora de negócios da CPFL Energia, Talita Pinotti Scatulon.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!