AM 1440 - A cor que você ouve

Especial de fim de ano de Roberto Carlos deve assumir formato de live

Globo começou a promover estudos para seus especiais de fim de ano. Uma das definições diz respeito ao tradicional show de Roberto Carlos, que, por causa da pandemia, não poderá ser realizado em seu formato de costume, com plateia.

A atração vai ao ar desde 1974, ou seja: há mais de 40 anos. Até hoje, ele só não foi exibido em 1999, por causa do agravamento da doença de Maria Rita, esposa do artista na época, que morreu no mesmo ano. Entre executivos, houve que tivesse sugerido mais uma suspensão neste ano, mas, por enquanto, o Rei segue no cronograma.

A emissora deve definir nas próximas semanas os detalhes do programa, mas a vontade é que ele repita o formato semelhante ao de live – só que gravada -, como as que o cantor fez no YouTube e no GloboPlay em abril e maio deste ano.

A ideia é colocar Roberto em estúdio, acompanhado apenas pelos músicos, cantando seus maiores sucessos, e permear a exibição por depoimentos de amigos – Erasmo Carlos entre eles, claro – e imagens antigas. O plano seria mandar palavras de fé e incentivo para o espectador que enfrentou restrições por causa do coronavírus por quase um ano.

As conversas com o cantor devem acontecer em breve, uma vez que, por causa da nova política de contratos, a emissora estuda também o futuro de artistas como o Rei em seu elenco. Por enquanto, ele segue firme e forte no canal.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!