AM 1440 - A cor que você ouve

Acidentes com escorpiões aumentam 30% em SP no primeiro semestre

O número de acidentes com escorpiões na cidade de São Paulo, resultando em picada, aumentou 29,67% no primeiro semestre deste ano na comparação com o ano passado. De janeiro a junho desde ano, foram 118 acidentes. Em 2018, foram 91 acidentes no mesmo período.

Os dados foram fornecidos pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo, com base no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do governo federal.

“A ocorrência de acidentes com escorpião deve-se à ocupação irregular do solo e descarte inadequado de lixo especialmente material de construção, o que atrai insetos e animais como baratas, alimento natural do escorpião”, informou a secretaria municipal.

O que fazer em caso de acidente com escorpião
A Secretaria Municipal de Saúde dá as seguintes orientações:

Retirar sapato, anel, pulseira ou fitas que funcionem como torniquete;
Lavar somente com água e sabão o local da picada;
Fazer compressas mornas (compressas frias pioram a dor);
Procurar atendimento no serviço de saúde mais próximo;
Se possível, levar o animal para identificação.

O Hospital Vital Brasil, do Instituto Butantã, referência em atendimento em casos de acidentes com animais peçonhentos, atende 24 horas, todas as ocorrências incluindo acidentes com escorpiões, além de dar orientações por telefone (11) 3723-6969, (11) 2627-9529, (11) 2627-9530.

Compartilhe

Facebook
Twitter
você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!