AM 1440 - A cor que você ouve

OMAR NAJAR É AGREDIDO POR DIEGO DE NADAI DURANTE AUDIÊNCIA NO FÓRUM

O prefeito de Americana, Omar Najar, foi agredido pelo ex-prefeito Diego de Nadai durante uma audiência na tarde desta quinta-feira (15) no fórum de Americana.

Omar era testemunha do Ministério Público (MP) em uma ação sobre verbas do Fundeb. Durante a audiência, o ex-prefeito chamou Omar de mentiroso por algumas vezes. O juiz da 1ª Vara Criminal André Carlos de Oliveira chegou a advertir Diego. Após a audiência, Diego desferiu um tapa no rosto de Omar.

Omar ainda na tarde desta quinta comunicou o fato através de um boletim de ocorrência na delegacia seccional de polícia. A assessoria de imprensa da prefeitura emitiu a seguinte nota:

O prefeito de Americana, Omar Najar, foi vítima de agressão física, coação e ofensa pelo ex-prefeito cassado Diego De Nadai dentro de sala de audiência do Fórum de Justiça de Americana, na tarde desta quinta-feira (15). Omar foi convocado pelo Ministério Público a prestar depoimento à Justiça em ação criminal movida pela Promotoria, em que De Nadai é réu sob acusação de desvio de recursos da Educação.

O depoimento foi dado ao juiz André Carlos de Oliveira na tarde desta quinta, e foi acompanhado pelo promotor Sérgio Claro Buonamici, além dos advogados que representavam  as partes.

Enquanto se manifestava, com o intuito de esclarecer a verdade dos fatos e relatar o que encontrou na máquina pública quando assumiu o Executivo, o prefeito passou a ser ofendido, agredido e coagido pelo réu, que foi repreendido pelo juiz.

Ao fim do depoimento, ao negar as ofensas recebidas pelo político cassado, o prefeito foi agredido fisicamente por De Nadai, de modo covarde, diante de todos os presentes. O réu precisou ser contido para não continuar com o ataque físico.

O ato lamentável será tratado no âmbito judicial, uma vez que foi registrado boletim de ocorrência, feito corpo de delito e que uma ação penal será movida pelo prefeito contra o político cassado.

O prefeito Omar Najar repudia qualquer tipo de violência física como a que o vitimou nesta quinta-feira. É lamentável que o ex-prefeito cassado, além do completo desrespeito demonstrado ao cidadão americanense ao longo dos seis anos do seu mandato, demonstre tamanha falta de respeito e desequilíbrio diante do tribunal, às autoridades e ao chefe do executivo.

 

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

× Fale Conosco!