AM 1440 - A cor que você ouve

Americana inicia vacinação contra a gripe

 

Na próxima quarta-feira (10/04), terá início a 21ª Campanha de Vacinação contra Influenza em todas as unidades básicas de saúde, das 8h às 16h. Inicialmente serão vacinadas as gestantes e crianças entre seis meses e seis anos (cinco anos, 11 meses e 29 dias). A partir do dia 22 de abril até o dia 31 de maio, será a vez dos outros grupos prioritários, nos quais se incluem pessoas acima de 60 anos, puérperas, trabalhadores da saúde, professores do ensino regular (básico, fundamental, médio e superior), inclusive as auxiliares de desenvolvimento infantil (ADIs) e estagiários que atuam dentro das salas de aula. A partir do dia 31 de maio as unidades continuarão com a vacina para crianças e gestantes, inclusive com atualização da caderneta de vacinação, uma vez que esse grupo de indivíduos teve a menor cobertura na campanha do ano passado.

Somente para a primeira etapa o município deverá receber um lote de 6 mil doses da vacina. A meta é vacinar 90%  da população-alvo. A Vigilância esclarece ainda que a vacina é inativada, produzida a partir de vírus morto fragmentado e protege contra influenza A H1N1, influenza A H3N2 e influenza B e está contraindicada somente para as pessoas que apresentam alergia grave a ovo ou que tiveram reações graves em doses anteriores.

Dia D para reforço

Visando maior cobertura vacinal e considerando a dificuldade que muitas pessoas têm para conseguir a vacina durante a semana, o Ministério da Saúde solicita que os municípios estabeleçam um dia no final de semana, durante a campanha, para atender essa parcela da população.

A data é conhecida como dia D e em Americana será no dia 4 de maio, quando algumas unidades de saúde permanecerão abertas entre 8h e 17h.  O término da campanha está previsto para 31 de maio.

Influenza, ou gripe, é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna e autolimitada. Frequentemente é caracterizada por início abrupto dos sintomas, que são predominantemente sistêmicos, incluindo febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, dor muscular e falta de apetite, assim como sintomas respiratórios como tosse seca, dor de garganta e coriza. A infecção geralmente dura uma semana e com os sintomas sistêmicos persistindo por alguns dias, sendo a febre o mais importante.

Pessoas idosas, crianças, gestantes e portadores de doenças crônicas possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à Influenza, motivo pelo qual são consideradas como público alvo da campanha.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.